05 8月, 2012



現地メディアも注目のPATOの選手登録問題のリポート第3弾です^^;。
といっても、結論から言えば、現状はいまだ変わらず(--;)
CBFに必要書類が届いていないため日曜のナウチコ戦もPATOの出場登録は間に合わず(痛)
今は翌水曜の第15節クルゼイロ戦には間に合うようにパパLuchyも全力で問題解決に動いてるところ^^;。
そのためには現地時間の火曜までにCBFに必要書類が届き選手登録が完了することが条件(汗)
それでも間に合わなければ、さらに次の金曜第16節アトレチコ戦の前
までに登録を完了させる見込みだそう。
そんなわけで、またPATOのデビュー戦はお預けです。。。(痛)

Para liberar Patito, pai do meia aciona AFA na Justiça da Argentina
04.08.2012 | Text: globo esporte.com


Expectativa é que decisão saia na segunda. Paralelamente a isso, Santos aguarda resposta da Fifa sobre requerimento feito à entidade argentina

Um novo episódio da novela que tem como protagonistas o meia Patricio Rodríguez, o "Patito", e o Santos está sendo escrito. O pai do jogador, Luis Mauriles, entrou quinta-feira com uma ação na Justiça comum da Argentina para que a Associação de Futebol do país (AFA) libere o atleta – acertado com o Alvinegro até julho de 2016 e que há duas semanas treina no CT Rei Pelé – para estrear pelo Peixe.

O imbróglio ocorre devido a uma dívida do ex-clube de Patito, o Independiente, com a AFA. Por isso, a entidade ainda não liberou o Certificado de Transferência Internacional (CTI) do jogador, documento necessário para que o Santos possa regularizar o argentino e inscrevê-lo no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

O pai dele (Patito) entrou com a ação na Justiça do Trabalho argentina pedindo a liberação do vínculo para que o atleta possa exercer sua profissão. O despacho deve vir na segunda-feira. Nós estamos acompanhando o processo e aguardando o requerimento que fizemos à Fifa chegar à AFA - explicou o vice-presidente santista, Odílio Rodrigues.

Se o resultado na Justiça comum for favorável à liberação de Patito, será encaminhado um ofício à AFA, exigindo que o CTI seja transferido para a CBF. Caso contrário, o Santos terá de aguardar o requerimento encaminhado à Fifa ter uma resposta da AFA. Se a entidade argentina negar a liberação, um tribunal designado pela Fifa vai avaliar o caso.

No clube, a expectativa é de que o jogador esteja disponível para o técnico Muricy Ramalho até terça-feira, um dia antes do Peixe receber o Cruzeiro pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

– Saindo a ordem judicial e se ela for favorável (à liberação), o processo é rápido, pois hoje é tudo on-line. Trabalhamos para registrar o Patito no BID até terça. Se não for possível, então pelo menos até sexta, antes do jogo contra o Atlético-GO - disse o advogado do Peixe, João Vicente Gazolla.

– Não creio (que a AFA recorra se a liminar seja favorável a Patito), porque ela não pretende impedir a transferência. Independente de qualquer pendência do clube (Independiente) com a AFA, o atleta foi vendido ao Santos - emendou o advogado, que ressaltou que a ação na justiça comum argentina partiu do próprio atleta.

Enquanto isso, Patito - que seria apresentado na quarta-feira, mas em virtude do imbróglio, a cerimônia foi cancelada - treina normalmente no CT. Na sexta-feira, inclusive, mostrou bom humor ao reclamar do abafado inverno de Santos no Twitter. No sábado, participou do "rachão" com os demais jogadores.

No aguardo

Vale lembrar que um grupo de investidores está bancando a aquisição de Patito por cerca de US$ 3,4 milhões (R$ 6,8 milhões). Contudo, enquanto o imbróglio não chega ao fim, o Santos não efetua o pagamento (com o dinheiro repassado pelos investidores). O Peixe recebeu 50% dos direitos econômicos do atleta como garantia, já que o clube entrou como avalista na transação para cumprir uma exigência do Independiente.

A quantia será pago em duas parcelas. Quando a segunda metade for quitada, em setembro, os 50% do Alvinegro retornarão aos investidores, e o Santos receberá 15% sobre o lucro de uma transferência futura de Patito. O clube, por sua vez, sustenta que agiu sozinho para trazer o meia.