19 9月, 2012



火曜にサントスのプレスルームで行なわれたPATOの記者会見のリポートをglobo esporteから♪
PATOがブラジルの超過密日程にまだ慣れずコンディションを落としたことも踏まえて、

Muricyも指摘するように改善すべき課題があるとコメントしたのは先にアップした通り。 
さらに、チームの主軸だったGansoの移籍で自分の成すべき役割への責任も一層増したよう。
そして、真摯でオープンなPATOらしく、コメントは今のチームが抱える問題の核心にまで^^;。
絶対的なシンボル"NEYMAR"有りきのチーム成績は今季途中からチームを見始めた"新参者"の私にさえ分かる問題(汗)
チームの勝敗が"Neymar"の存在に大きく左右されている現状についてもストレートに問題に触れたPATOは
"Neymarはチームにとって重要な素晴らしい選手だが、チームは彼に大きく依存し過ぎてゲームを困難にしている。
チームは彼が不在の試合でもいいプレーで結果を残す(勝利する)必要があり、これがチームの大きな課題だと思う"とも。
持ち前の明るさと親しみやすさに加え、現地ではPATOのユーモアも多くのファンやメディアに受け入れられて嬉しいけど、

まずは!世界的に見ても異質な"殺人的スケジュール"が"当り前(汗)"のブラジルのリズムに早く慣れて^^;、
チームはもちろんPATO自身の今後のためにも、コンスタントに安定した質の高いプレーを披露できるようにしないとね。
サントスが抱える今の問題についても^^;、中盤の軸だったGansoの離脱はさほど今後には影響しないと思われるけど^^;、
近い将来?訪れるNeymarの欧州行きを見越して、Neymarに頼らない攻撃パターンを確立させないと厳しいですね^^;。
そのためにも、PATOがさらに一皮むけてチームをけん引するチームの柱に成長してくれたら嬉しいんだけどなぁ(笑)

Pato admite que tem de melhorar e vê Peixe dependente de Neymar

Meia-atacante argentino de 22 anos reconhece necessidade de crescer e que pode 'render mais'.
 Atleta quer equipe forte mesmo sem seu craque
18.09.2012 | Text: globo esporte.com





















 O argentino Pato Rodriguez chegou sob enorme expectativa no Santos. Com problemas na documentação e atraso no envio da liberação por parte do Independiente, da Argentina, seu ex-clube, demorou quase um mês para enfim poder estrear. Logo no primeiro jogo, marcou um gol contra o Atlético-GO, no dia 11 de agosto, e ajudou o Peixe a empatar a partida por 2 a 2. Apesar disso, não conseguiu manter boa regularidade na sequência das partidas e caiu de produção.

Mesmo sendo titular do time do técnico Muricy Ramalho, o atleta admite que precisa melhorar em diversos fundamentos. Pato cita o ritmo do futebol brasileiro, com mais de uma partida por semana, como complicador para adaptação, já que na Argentina o volume de jogos era menor.

- Tenho que melhorar muito, em todos os aspectos. Defensivo, para frente, sempre há coisas para melhorar. Eu me sinto bem em poder jogar todas as partidas. Venho da Argentina, onde se joga uma vez por fim de semana. A verdade é que a gente sente, como senti no começo. Mas vou melhorando. Tive uma boa estreia. Com o decorrer das partidas, vou render mais - prevê o jogador.

Apesar de admitir que precisa render mais, Pato ajudou o Alvinegro a sair com a vitória diante do Coritiba, quando finalizou para defesa do goleiro Vanderlei, que deu rebote nos pés de Neymar. O craque de moicano, aliás, foi o maior destaque do time no triunfo por 2 a 1, fazendo os dois gols do Peixe. Apesar disso, ele está fora do jogo contra a Portuguesa, neste sábado, às 21h, no Pacaembu, pela 26ª rodada do Brasileirão, pois recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso.

Sem o melhor jogador do time, o Santos costuma cair de produção. Pato reconhece a "Neymardependência", mas pede que a equipe aprenda a contornar o desfalque do jogador, que defenderá a Seleção contra a Argentina, no Superclássico das Américas nesta quarta-feira, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

- O Neymar é parte importante dessa equipe. O desafio é conseguir jogar bem e vencer sem ele, tentar chegar ao gol quando ele também não está. Creio que é um bom jogador, muito importante para nós. De fato, é muito difícil não ter um jogador assim, há uma certa dependência. Mas temos que conseguir passar por isso - completa Pato.

O argentino tem contrato até julho de 2016 com o Santos e o clube tem 50% dos direitos econômicos. Pato foi colocado no Alvinegro com a ajuda de um grupo de investidores que se mantém em sigilo.